23/05/2011

Alfarroba, o saudável substituto do chocolate

Uma excelente alternativa aos chocolates tradicionais é a alfarroba. Tem gosto, textura e aspecto de chocolate, mas não é chocolate. É possível? Sim! E seus benefícios são muitos: é nutritivo e isento de lactose, glúten e açúcar. Apesar de não ter sido tão difundida como o cacau, é usada pelos Egípcios há mais de 5.000 anos.

Carob (Alfarroba, em inglês) vem do árabe ou Kharrub Kharoub, o que significa vagem ou feijão vagem. Acredita-se que o fruto da alfarrobeira foi utilizado para alimentar exércitos. A palavra grega para alfarroba é keras, o que significa chifre, em referência a suas vagens em forma de arco. É também conhecida como "Pão de São João" e, de acordo com a Bíblia, sustenta São João Batista no deserto (Marcos 1:16). A palavra hebraica para alfarroba é Charuv e as vagens secas são consumidos durante o feriado judaico Tu Bishvat. Os egípcios antigos usaram alfarroba para fazer o adesivo resinoso utilizado na mumificação, suas vagens e sementes foram encontradas em tumbas egípcias.

Leguminosa, de nome científico Ceratonia siliqua L., de folha perene e que pode atingir 10 metros de altura e durar cerca de 500 anos. As flores, muito pequenas, aparecem reunidas em cachos axilares cilíndricos verde-arroxeados. Os frutos (alfarrobas) são vagens de 10 a 30 cm de comprimento por 1,5 a 3cm de largura. Inicialmente são verdes passando a castanho-escuras quando atingem a plena maturidade.

Da alfarroba aproveita-se, sobretudo, a farinha que é a parte obtida pela trituração e posterior torrefacção da polpa da vagem. Ela contém cerca de 50% de vários açúcares, além de fibra (celulose), proteína, cálcio, fósforo, magnésio, silício, ferro, taninos, pró vitamina A e vitamina B1.

Observou-se também a presença de epigalocatequinas, epicatequinas  e proantocianidinas, substâncias bastante antioxidantes. Além de seu alto poder nutritivo, esse tipo de vagem é isenta de lactose e glúten, podendo ser consumida por indivíduos intolerantes a lactose e celíacos, é uma ótima opção para substituição do cacau quando utilizada em forma de farinha. O pó da leguminosa quando comparado ao cacau apresentou diferenças em relação às gorduras e açúcares (sacarose, glicose e frutose). Por esse motivo ficou conhecida como sendo o “chocolate saudável”.

Na sua composição  não contem estimulantes contidos no chocolate como a teobromina e a cafeína, dois fortes estimulantes do sistema nervoso e do ritmo cardíaco, que são inclusive transmitidos aos bebês através do leite materno. Além disso, é rica em vitaminas e minerais: em 100g de alfarroba é possível encontrar 303mg de cálcio, 633mg de potássio e 126mg de fósforo, além de ferro, zinco, vitamina B6 e B12. Estudos recentes revelam que a alfarroba possui efeito antioxidante semelhante ao do azeite e superior ao do vinho, sendo um ótimo aliado ao combate de radicais livre e doenças crônica-degenerativas. Outra grande vantagem dessa delícia é na redução do colesterol pelo seu alto teor e qualidade das fibras. Porém, vale ressaltar que quando consumida em formas de tabletes (semelhantes ao chocolate) possui valor calórico similar ao mesmo.

Ao empregar a farinha de alfarroba em uma receita é preciso retirar 1/4 da quantidade de açúcar, acrescentar um pouco mais de gordura e 1 ou 2 colheres de sopa a mais de líquido. Pois ela possui um alto conteúdo de fibras e baixo teor de gorduras, quando comparada ao cacau. Suas fibras são capazes de absorverem uma boa parte do líquido da receita - e este é o segredo que fazem os bolos feitos com alfarroba ficarem macios por mais tempo!

Com estas propriedades, os derivados da alfarroba revolucionam o mercado em vários aspectos, principalmente no que diz respeito à alimentação saudável. O chocolate de alfarroba também não contém feniletilamina presente no chocolate de cacau.

As vantagens é que ele não contém glúten, leite, ovos, soja ou adoçantes artificiais e já existem ovos de páscoa e barras de chocolate de alfarroba. Há também a versão em pó que substitui perfeitamente o achocolatado de cacau. É possível usá-lo com leite (vegetal) e como ingrediente para bolos e sobremesas. Por enquanto há apenas uma empresa produzindo produtos com a alfarroba no Brasil, a Carob House, com sede em Curitiba. Para encontrá-los basta visitar lojas de produtos naturais em sua cidade.

3 comentários:

Mariana Angeli disse...

Hmmm... que delicia!!! Fiquei curiosa, vou correndo experimentar. Grata pela dica. Beijos.

Camila | Kamala disse...

om!
tomei a libertar de repostar o teu post em meu blog! :P! www.floremser.wordpress.com, com tua autoria e link do teu blog abaixo.
ok?
um beijo,
kamala

Tatiane Rangel disse...

Obrigada, queridas!
Tudo bem, Camila!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Licença para uso do conteúdo

Licença Creative Commons
A obra Blog So Ham de Tatiane Lira foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.
Com base na obra disponível em www.sohamsoham.blogspot.com.

Copyright ilustração do So Ham

Saying a Prayer, by Lupen Grainne.
® Todos os direitos reservados.